travessia trinidade para grenada
.,  CARIBE,  VIAGEM

Nossa primeira travessia: de Trinidade para Granada

Planejamento para nossa primeira travessia: de Trinidade para Granada

Ansiedade total para deixar Trinidade. Estar em Trinidade foi ótimo  mas estávamos prontos para partir. Ficamos exatamente um mês morando na Marina.  Embora estar na Marina tenha  seus benefícios como a electricidade e abastecimento de água, a desvantagem é que não tínhamos acesso a uma praia ou nosso “quintal” com uma água bacana.

 A preparação para a viagem foi longa. Juliano trabalhou no barco todos os dias. Arrumou os eletrônicos de velocidade do vento, do barco, o sistema de pressão de água, consertamos o Bimini  e também fizemos alguns consertos  menores que saíram como recomendação pós inspeção de compra. Além disso, decidimos comprar extras tanques de diesel (200 litros) para levar além os 400 litros do nosso tanque pois o preço do diesel dobra conforme formos subindo as ilhas. A outra coisa foi o provisionamento de alimentos. Ouvi dizer que em Trinidad tudo era mais barato ( mesmo eu achando tudo absurdamente caro)  assim fizemos um bom mercado e feira com veggies.  Nunca tive a geladeira e armários tão cheio em toda minha vida. Pelo menos minha motivação para cozinhar aumentou com tantas opções! Se você curte comida vegetariana, veja aqui meu Instagram especial com os pratos que comemos.

Duas tempestades tropicais e então partimos

Tínhamos planejado iniciar a travessia num sábado à noite, mas olhando o boletim meteorológico vimos duas formações de  tempestade tropical vindo em nossa direção. Não queríamos tomar nenhuma ação arriscada mas mas estávamos ansiosos. Juliano esperou o próximo relatório do tempo e o próximo e as notícias não eram boas.  Todas com 80% de chance de formação da tempestade tropical em Granada e em alto mar. Decidimos esperar a janela de 5 dias para partir. Tudo estava pronto mas era preciso esperar trabalhar a nossa paciência.

Quando chegou a  noite de quarta-feira, sob visual da lua cheia, partimos. Contratamos um skipper para ir conosco para garantir, afinal era nossa primeira travessia da vida de velejadores.  Logo na saída tivemos um imprevisto, bateu um vento e corrente forte e o barco foi sendo empurrado para a doca e acabou batendo nela. Não aconteceu nada mas foi o suficiente para me deixar arrepiada. Claro que para ajudar a lua cheia linda em questão de minutos se transformou em um céu escuro e chuvoso mas já era tarde, partimos. Enjoos a parte,  14 horas depois, chegamos em Granada, na Baía de Prickley. A melhor notícia é que a água aqui é incrível, a ancoragem é maravilhosa  e já encontramos nossos amigos.

 

passagem de Trinidad para Granada

 

passagem de Trinidad para Granada
Brincando durante a travessia.
Please follow and like us:
Liked it? Take a second to support LifeSomewhere on Patreon!

2 Comentários

  • Astor

    E aí Saba, Ju! Como estão, aonde estão?!
    Tô vendo furacao na nos USA, Caribe, mais pelo jeito já estão no outro lado? Legal, aproveitem e se cuidem, sempre vejo as histórias aqui. Maneirissimo!
    Astor vulgo Dalei!!!

    • lifesomewhere

      Oi Dalei! estamos em Grenada, a ponta mais ao sul do caribe. Por aqui passamos ilesos dessa mas a temporada forte começou agora então estamos sempre monitorando! em breve vai ter mais um episódio da vida por aqui lá no youtube, curte lá! Abraços Saba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *